RUA APUCARANA, 1645 - TATUAPÉ CEP - 03311-001 SÃO PAULO - SP (11) 2671-0444

Cirurgia do Abdômen

 

Com o envelhecimento, gravidezes, alternância de engorda e emagrecimento, ocorre um abaulamento flácido do abdômen, formado por sobra de gordura e principalmente de pele.

A cirurgia de abdômen também conhecida como abdominoplastia é realizada para remover esse excesso de gordura e pele, além de restaurar os músculos enfraquecidos da região, o que resulta em uma barriga muito mais lisa e tonificada.

  • Como funciona

     

    Normalmente, a abdominoplastia requer duas incisões:

    • A primeira é horizontal na região logo acima dos pelos pubianos que se estende até próximo dos quadris, levemente curvada para cima. A extensão dessa incisão e a forma variam conforme a quantidade de pele a ser removida;
    • A segunda incisão é feita na vertical, finalizando ao redor do umbigo, por onde os excessos de pele da parte superior do abdômen são separados das partes profundas. Nesse momento os músculos abdominais são suturados para que se tornem mais rígidos. O que irá proporcionar uma barriga mais plano e uma cintura mais definida. Essa pele em excesso é esticada para baixo para que seja removida e é feito um orifício para recolocar o umbigo em sua posição de origem.

    No caso de pacientes que além de flacidez e excesso de pele apresentam gordura localizada no abdômen, a lipoaspiração poderá ser associada para retirar a gordura,

  • Resultado

     

    Logo após a realização da abdominoplastia, já é possível notar os novos contornos. É normal que haja inchaço nesse período. O resultado definitivo, em que o paciente já apresenta a completa cicatrização, chamada de fase de involução, acontece entre oitavo e décimo segundo mês após a abdominoplastia.

  • Contraindicações e Alertas

     

    Esse procedimento é indicado para pessoas que estão relativamente no seu peso, mas possuem abdômen protuído, frouxo ou flácido, ou seja, pessoas que passaram por condições como grandes oscilações de peso, gestações, entre outros.

    Vale ressaltar que a cirurgia também consegue retirar as estrias localizadas na parte de debaixo do umbigo, pois há remoção de pele nessa área.

    A Abdominoplastia não pode ser considerada como um tratamento contra a obesidade ou qualquer outra alternativa para substituir uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos.

Converse com um especialista

Artigos Relacionados

 

nmImagem

Cirurgia de Orelhas

Orelhas mais rentes ao couro cabeludo e muito mais discretas é possível com a Cirurgia de orelhas, também conhecida como Otoplastia, que corrige imperfeições da cartilagem das orelhas, diminuindo o aspecto de “abano” e proporcionando uma aparência mais natu...

Ler mais
nmImagem

Lipoescultura

A lipoescultura é uma cirurgia plástica realizada em função da estética corporal, pois possui o objetivo de eliminar a gordura localizada e reaplicá-la em outras regiões do corpo – proporcionando um corpo com curvas mais definidas e harmoniosas.

Ler mais
nmImagem

Redução de Mama

A cirurgia de redução de mamas consiste em reduzir o tamanho dos seios retirando a quantidade de volume indesejada, os deixando com tamanho e formato adequado de acordo com o biotipo da paciente.

Ler mais